Blog posts

Salar de Uyuni – Como planejar?

Salar de Uyuni – Como planejar?

Bolívia, Uyuni

Muita gente tá indo pra Bolívia nesse meio do ano curtir um frio lá no Salar e como eu estive por lá no fim do ano, tenho umas dicas pra ajudar a planejar o tour de 3 dias.

Supercomum quando se fala em Salar é pensar em já dar uma esticadinha pra San Pedro de Atacama.  Mas estando no Chile dá pra pensar em esticar pra Bolívia? É… até dá, mas já começo lançando essa informação: você pagará muito mais caro por isso.

Quão mais caro? O dobro!

post salar 4

 

Não é só sal que se vê, tem muitos vulcões no caminho também

No meu último mochilão eu meio que fui obrigada a fazer o caminho idiota, saindo de SPA e entrando na Bolívia, e paguei USD 185 no passeio pela Cordillera Traveller (excelente companhia por sinal, vou fazer um review do passeio, mas já adianto que o serviço foi show)… em Uyuni conheci brasileiros que estavam indo por USD100. Se der, comece pela Bolívia, 85 dólares dá pra viver uns 5 dias por lá, rs. O passeio pela Colque estava tão mal avaliado no Trip Advisor que eu fiquei com bastante medo de arriscar, (sério, tem umas histórias medonhas lá no trip) lá estava USD 145, mas preferi ir na indicação que tive da Cordillera.


Use os nossos parceiros para viajar tranquilo e ajudar o OMMDA:

BookingReservando com esse link aqui da Booking, você não pagará nada a mais por isso e nos ajuda (e muito) a manter o blog!

Anonymous-aiga-first-aid-bg-300px A Real Seguros é um comparador de Seguros Viagens e com o nosso link você já ganha 15% de desconto em qualquer compra!


Não tive nenhuma dificuldade em conseguir o passeio pra data que queria, mesmo fechando por lá e em alta temporada (21 de dezembro). Em Uyuni a oferta de agências é muito maior, então lá é mais fácil ainda. Em SPA é difícil negociar o preço se o grupo não for grande, mas na Bolívia você consegue desconto em passagem de ônibus, então né… Não vejo a necessidade de reservar isso do Brasil, até porque, imprevistos nesse roteiro são comuns e você pode perder dinheiro com reservas.

post salar 2

Espere encontrar lagunas lindas no caminho

Outro ponto que tenho que destacar que é um passeio diferente. Não que seja de grandes perigos mas tem um risco bem grande de dar algum problema… mantenha a mente aberta e aproveite, não encanecom esses poréns. Os carros quebram, o almoço é frio, xixi é no mato, os motoristas só falam espanhol, um dos alojamentos não tem banho… mas você está no meio do deserto, tá esperando luxos? (rs) Mas se realmente está, deixe bem claro isso porque tem agências que podem te oferecer um passeio mais diferenciado (mas cobram bem mais caro).

Imprescindíveis:
– óculos escuros
– hidratante (mesmo se for menino! mas normalmente as meninas levam e vocês podem pedir rs)
– lencinhos umedecidos (aqueles de limpar bumbum de bebê te salvam no dia sem banho) (e sim, escreve desse jeito… só eu não sabia? oO)
– roupas pra frio (a noite é bem gelado, mesmo no verão)
– água, muita água
– carregar previamente todos os eletrônicos: vai ser raro conseguir uma tomada pra recarregar a bateria (se tiver viajando em grupo, revezem as câmeras senão fica sem foto do último dia =/ )
– protetor solar (independente da época e do tempo)
– bom humor =)

post salar 3

 

Famosa arbol de piedra

Aproveite o passeio… não fique só tirando fotos. A vista sem a lente da câmera normalmente é mais bonita 😉

Siga a gente nesse passeio de 3 dias nos posts da série, começando por aqui.

About the author

Viciada em viajar, mas que sossegou - só um pouco - no Chile pra abrir um hostel. Já esteve em 9 países e 90 cidades fora do Brasil. Não sabe nadar (mas sabe andar de bicicleta). É facilmente comprável com doces e bom café. E é mão de vaca (isso é um dado importante).

10 Comments

  1. Ana Christ
    12 de fevereiro de 2016 at 23:22
    Reply

    Camila, nem me fale em perrengue no Salar!
    Eu fiz a travessia pra SPA e no segundo dia simplesmente escorreguei enquando saía do carro e (tcharan!) FRATUREI O PUNHO! Óbvio que não tinha médico próximo e o passeio continuou normalmente e eu só fui engessar aqui no Brasil (depois de passear um monte pelo Atacama! hahaha)
    Contei isso lá no blog, porque essa viagem foi uma sucessão de perrengues inolvidáveis! rsrs

    Bjos

    • Camila Lisboa
      17 de fevereiro de 2016 at 09:22

      Genteeee! Eu já quebrei uma costela na Bolívia (e até hoje não sei quando nem onde, rs). Mas vou olhar no Nativos do Mundo, porque, como dizem meus amigos… unboliavable 🙂

  2. Glauber
    26 de setembro de 2016 at 23:46
    Reply

    Olá Camila obrigado pelas excelentes dicas. Pretendo partir Dia 11 de Dezembro de 2016 do Rio de Janeiro rumo ao Salar de Uyuini/atacama e quem sabe dar um pulinho na patagônia. Porém retorno dia 29. Então são 18 dias.

    Tenho algumas dúvidas e gostaria que me ajudasse se possível…

    Melhor seria entrar pela Bolivia e sair pelo Chile? (ou Argentina em caso de patagônia?)

    18 dias seriam suficientes?

    Pensei em 8 dias Uyuni e Atacama(SPA)

    Circuito W em Torres del Paine + 4 dias

    Fica muito corrido neh?

    Meu primeiro mochilão. 🙂

    Gratidãooo

    • Camila Lisboa
      5 de outubro de 2016 at 21:19

      O que complica é a Patagônia… de Santiago para Punta Arenas, são 4 horas de voo ou 3 dias de ônibus… Se conseguir ir de avião viabilizaria. Aí, pra voltar te complicaria pelas passagens.

      Por mim, vale a pena deixar a Patagônia pro próximo mochilão, juntando a argentina e chilena 😉

  3. Aline Cristina Silva de Paula
    28 de setembro de 2016 at 16:59
    Reply

    Bonita camiseta hein!!! Favoreceu a paisagem!! Estou indo para o Chile no próximo mês, tem dicas de agência para fechar os passeios em San Pedro de Atacama.

    • Camila Lisboa
      5 de outubro de 2016 at 21:23

      Oi Aline! A camiseta viaja bastante comigo =D

      E do Atacama… menina, tenho uns 20 posts aqui no blog! Dá uma olhada nesse, com dicas e preços dos passeios. Se quiser agência top, indico MUITO a Ayllu. Das mais baratas, a Corvatsch é boa 🙂

  4. Viviane
    11 de novembro de 2016 at 11:01
    Reply

    Lugar incrível e cenários lindos!!! Post muito bacana… parabéns pelo blog!!!

    • Camila Lisboa
      11 de novembro de 2016 at 16:46

      Obrigada Vivi 🙂 É um lugar maravilhoso que eu queria muito voltar!

  5. Amanda Saviano
    20 de maio de 2017 at 20:25
    Reply

    Este é um destino do qual não canso de ler dicas! Post bem completo, parabéns!

    • Camila Lisboa
      26 de maio de 2017 at 15:10

      É maravilhoso, né?!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *