Blog posts

La Paz em dicas

La Paz em dicas

Bolívia, La Paz

Práticas e diretas ao ponto, aí vão algumas das minhas dicas de La Paz (depois de duas passadas na capital da queridíssima Bolívia, alguma coisa tinha de ter saído, né?)

Clássicas

1) Calle de las Brujas: De feto de llama até aquelas blusas de lã de alpaca que, além de serem bem quentinhas são a marca registrada dos mochileiros: você consegue achar de tudo lá. Chá de coca, pingentes de prata, toquinhas… tudo a preço de banana. Sim, tem locais mais baratos que lá em La Paz, mas o passeio na Calle de las Brujas (que se chama na verdade Calle Linares) é válido porque lá você consegue também visitar o Museu da Coca, fechar o downhill de bicicleta até Coroico pela estrada da morte, o passeio pro Chacaltaya… facilita bem as coisas. Fora que é paralela a Calle Illampu, onde você pode comprar equipamentos e roupas esportivas (normalmente falsas, mas tudo bem… paguei módicos 150bs em uma North Fake, rs, que me quebra altos galhos… impermeável e tudo)

Quer mais dicas da Bolívia? Confira todos os posts de lá, nesse link.

post la paz 2

2) Mirador Kili Kili: Respira…respira… respira. Pra ter essa visão de cima de La Paz, precisa de um esforcinho. É possível ir de ônibus também, mas sempre fui a pé pra lá. Dá pra ver o Valle de la Luna, o estádio Hernando Siles… e a cidade como um todo! Rende fotos lindas da cidade que tem carinha de favela, rs.

post la paz 1

3) Downhill: Os músculos mais doloridos depois dessa descida de bike são, com certeza, os dos dedos e mãos. O freio é importantíssimo, até porque se não funcionar você entra na estatística de turistas que morreram por lá. Você percorre 65 km descendo mais de 3500 metros de altitude, percorrendo a estrada da morte de La Paz a Coroico. Minha dica: vá e se der medo vá mesmo assim, é normal o frio na barriga =) Sai de USD50 até 100 o passeio que dura o dia todo.

Bizarras Inusitadas 

1) UFChola / Cholitas Wrestling:  nunca consegui ir e morro de vontade de ver a luta livre de cholitas que ocorre todo domingo. Pensa nas tias lá, vestidas a caráter, no maior fight! Ainda volto em La Paz pra conseguir ir. É aquela coisa que me parece ser totalmente bizarra e ridícula, mas que deve ser divertida!

2) Escalada no prédio: Já sonhou em ser o homem aranha? Em La Paz (e talvez só por lá!) isso é possível! O Urban Rush te proporciona uma descida de 17 andares com a carinha apontada pro chão, vendo o centro de La Paz… Por bs150 você pode descer o Hotel Presidente e ter essa experiência aqui.


Use os nossos parceiros para viajar tranquilo e ajudar o OMMDA:

BookingReservando com esse link aqui da Booking, você não pagará nada a mais por isso e nos ajuda (e muito) a manter o blog!

Anonymous-aiga-first-aid-bg-300px A Real Seguros é um comparador de Seguros Viagens e com o nosso link você já ganha 15% de desconto em qualquer compra!


Roubadas

1) Limosna (una platita, monedita…): Se você der 1bs pra cada criança (senhor, moça, ser humano e se bobear até cachorro) que te pedir dinheiro, no fim do dia você gastou tudo que tinha pra viagem. Eu fico com dó, mas é tão exagerado o pedido de esmola no centro de La Paz que depois de um tempo você não consegue não ignorar as pessoas. É triste demais mas meu bolsinho não permite.

2) Cemitério: o cementério na verdade fica em El Alto (a Guarulhos boliviana: é feia, é suja, é longe e tem o aeroporto, rs) e é uma boa opção pra pegar ônibus e vans mais em conta do que indo pelo Terminal de Buses. Você chega a pagar metade do valor… mas preste atenção na carteira, mochila, em tudo! Assaltos a turistas são assunto comum por ali.

3) Feriados:  La Paz fecha em feriados. Tudo. Tudo mesmo. A rodoviária fica fechada! Pra nós, a coisa mais anormal né… mas lá é dia de não trabalhar MESMO. Já fiquei travada em La Paz em 16 de julho ( feriado da independência) e no 1º de janeiro, que me fez trocar a ida de ônibus por avião pra Santa Cruz de la Sierra no mochilão 2013. Dê uma pesquisada antes de ir pra não ficar presa lá igual eu.

E aí, o que mais esqueci?

About the author

Viciada em viajar, mas que sossegou - só um pouco - no Chile pra abrir um hostel. Já esteve em 9 países e 90 cidades fora do Brasil. Não sabe nadar (mas sabe andar de bicicleta). É facilmente comprável com doces e bom café. E é mão de vaca (isso é um dado importante).

2 Comments

  1. Amanda Saviano
    20 de janeiro de 2017 at 20:31
    Reply

    Adorei o post! La Paz é, de fato, super intrigante!

    • Camila Lisboa
      24 de janeiro de 2017 at 14:43

      La Paz é uma das capitais mais desprezadas e é tão linda!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *