Blog posts

O que levar para o Atacama em cada estação do ano

O que levar para o Atacama em cada estação do ano

Chile, San Pedro de Atacama

Mais uma blogagem coletiva e dessa vez dentro do nosso #mesdoatacama. E como o destino é boa pedida no ano inteiro, vamos te ajudar com o que levar para o Atacama em cada estação do ano!

E nessa Blogagem Coletiva, os nossos blogs amigos trazem dicas do mundo todo, sempre em uma estação do ano diferente – a gente que apela e fala de todas as estações e o que levar para o Atacama em cada uma delas! =P

O que levar para o Atacama SEMPRE – passeios em altitude

Para todos os passeios que superam os 4000 metros – leia-se Piedras Rojas, Salar de Tara, Gêiseres e subidas aos vulcões, independente da época do ano o frio pega de verdade.

Tem que levar:

  • Gorro de lã
  • Luvas
  • Cachecol
  • Meias grossas
  • Fleece
  • Calça Segunda pele – pode ser térmica, dessas que compra em loja de material esportivo – ou adaptar com uma meia calça grossa
  • Calça jeans grossa ou calça de trekking
  • Blusa segunda pele (mas eu não gosto, uso sempre uma blusa de manga comprida normal)
  • Corta vento
O corta vento é importante pra não deixar o calor sair - e nem o vento entrar!
O corta vento é importante pra não deixar o calor sair – e nem o vento entrar!
  • Botas para trekking ou tênis
Tem umas botas gracinha!
Tem umas botas gracinha!

Nesse ponto vale uma parada pra explicar: sempre vi muitas meninas com botas de couro fazendo o passeio – e sempre ouvi muita reclamação do frio! Manter os pés quentinhos é o principal e as botas de couro são fininhas, não protegem nada =/ um tênis com meia grossa vai ser mais confortável pra andar e pra manter os pés quentinhos, pode confiar!


Use os nossos parceiros para viajar tranquilo e ajudar o OMMDA:

BookingReservando com esse link aqui da Booking, você não pagará nada a mais por isso e nos ajuda (e muito) a manter o blog!

Anonymous-aiga-first-aid-bg-300px A Real Seguros é um comparador de Seguros Viagens e com o nosso link você já ganha 10% de desconto em qualquer compra!


O que levar para o Atacama no verão

No verão faz calor de verdade durante o dia, então pra cidade e pros tours que não superam os 2500 metros nem esquenta, pode ir de shorts mesmo, feliz da vida.

Mesmo no verão - e com esse sol - um casaco e uma calça (de gringa!) são necessários para os passeios em altitudes maiores
Mesmo no verão – e com esse sol – um casaco e uma calça (de gringa!) são necessários para os passeios em altitudes maiores

Mas nunca, nunca se esqueça de levar um casaquinho com você – quando o sol vai embora, dá uma esfriada e vem um ventinho que pode complicar a vida.

Fui uma vez no verão, nessa viagem aqui, e abusei de roupas leves para o dia-a-dia.

Vai pro Chile? Vá com seguro viagem… Eu garanto que vale a pena! Leia os casos!

O que levar para o Atacama no outono e primavera

Pras estações mais suaves do ano, a ideia é fazer um mix. Mas não precisa abusar de camisetas manga curta e pernas de fora, eu fui em maio e acabei levando um shorts para passear, fazia um friozinho pra calça, sim.

O shortinho, na primavera, foi só com uma legging por baixo...
O shortinho, na primavera, foi só com uma legging por baixo…
O look calça de gringo funciona! Mas com uma calça térmica por baixo pra não congelar...
O look calça de gringo funciona! Mas com uma calça térmica por baixo pra não congelar no outono…

O que levar para o Atacama no inverno

No inverno é mais fácil, tudo que você precisa pros passeios de altitude, vai precisar todos os dias. Vale até engordar a mala com uma blusa de lã extra – mas na volta, se sentir frio, você consegue comprar essas de lã de alpaca por um preço bacaninha por lá!

O que levar para o Atacama SEMPRE

Nenhuma possibilidade de esquecer esses itens, hein!

  • Protetor solar
  • Mantega de Cacau – ou algum outro hidratante labial
  • Hidratante para mãos – vale pra meninos e meninas essa dica!
  • Hidratante para o corpo
  • Roupa de banho – sim, sempre, em todas as épocas
  • Toalha
  • Óculos de sol
Mesmo na primavera, olha o look de toquinha!
Mesmo na primavera, olha o look de touca!

O que não levar para o Atacama 

  • Vergonhinha de estar sempre com a mesma jaqueta – faz frio e não tem mala que aguente mil jaquetas diferentes pro look do dia
  • Saias e vestidos – acho fofo, mas pouco prático. E eu falei, né… venta!
  • Sandália/rasteirinha – por mais que você possa pensar ‘ah, vai que eu saio algum dia’… esquece, pro dia = havaianas, pra noite, você vai precisar de alguma coisa mais fechada nos pés

O lindo passeio a Piedras Rojas TEM QUE estar no seu roteiro!

O segredo coringa para meninas

Lenço, cachecol ou o cuello (que é bem típico daqui do Chile, um tipo de cachecol sem pontas, pra proteger o pescoço).

Quem precisa de mil jaquetas se um cachecol serve pra mudar o look do dia 😉 (E servir de touca e tudo!)

O que mais vai na sua mala/mochila? Comenta pra gente!

Blogagem Coletiva!

Esse post faz parte de uma Blogagem Coletiva, aproveite pra conhecer o mundo em todas as estações do ano:

About the author

Viciada em viajar, mas que sossegou - só um pouco - no Chile pra abrir um hostel. Já esteve em 9 países e 90 cidades fora do Brasil. Não sabe nadar (mas sabe andar de bicicleta). É facilmente comprável com doces e bom café. E é mão de vaca (isso é um dado importante).

35 Comments

  1. Lívia Bellotti
    29 de julho de 2016 at 13:52
    Reply

    Gostei muito das suas dicas, parabéns!

  2. VaneZa Narciso
    29 de julho de 2016 at 14:29
    Reply

    Olá Camila,

    Tudo aqui anotado … já conheci o sul do Chile e sem dúvida o Atacama tá na lista … se não fosse a Califórnia, seria meu próximo destino internacional, rsrs.
    Tenho amigas q estam planejando ir e já repassei seu post.

    Abraços!

    • Camila Lisboa
      1 de agosto de 2016 at 18:23

      Pode parar de enrolar porque vale a pena =D E obrigada por repassar!

  3. Livi
    29 de julho de 2016 at 15:20
    Reply

    Oi Camila,
    Que lugar maravilhoso! Toda vez que tem blogagem coletiva minha bucket list aumenta. Dicas anotadas para quando eu for! Beijos

    • Camila Lisboa
      1 de agosto de 2016 at 18:22

      Pode ir que o Atacama não tem erro!

  4. debora galizia
    29 de julho de 2016 at 19:26
    Reply

    Excelente post!! Adorei as dicas!

  5. Alyssa
    30 de julho de 2016 at 18:13
    Reply

    Eu queria que existisse um post tipo esse para todos os lugares do mundo!! Sempre acaba faltando alguma coisa importante. A sua dica do cachecol/cuello foi ótima, com certeza levarei quando visitar o Atacama 🙂

    • Camila Lisboa
      1 de agosto de 2016 at 18:19

      O cuello é um negócio que eu não tiro do pescoço… ninguém merece dor de garganta no frio! Inclusive, tô com um agora mesmo (mesmo dentro de casa hahha sou friolenta de verdade!)

    • Camila Lisboa
      1 de agosto de 2016 at 18:20

      E inclusive pode deixar pra comprar aqui no Chile, tem uns lindos <3

  6. Mariana Bueno
    30 de julho de 2016 at 18:47
    Reply

    Sempre penso em ir e sempre desisto pq sou cheia das alergias respiratórias que o clima frio/seco faz piorar… Mas acho que no verão pode ser uma boa! Enquanto os dias quentes não chegam, vou amadurecendo a ideia. Cada foto mais incrível que a outra, só dá mais vontade de ir!

    • Camila Lisboa
      1 de agosto de 2016 at 18:16

      Seco vai ser sempre, não tem jeito. Pode preparar uns rinosoros da vida que vai precisar… mas no geral dá pra aguentar sim, a paisagem compensa 🙂

  7. Ana Zacchello
    30 de julho de 2016 at 19:57
    Reply

    E eu fico aqui babando com as fotos do Atacama! Gente, esse lugar é lindo demais! Ótimas dicas, Camila! Muita coisa era novidade para mim. 🙂

    • Camila Lisboa
      1 de agosto de 2016 at 18:15

      Esse lugar é maravilhoso! Já fui 3x e se me chamar eu vou de novo ahahha

  8. Lilian Azevedo
    30 de julho de 2016 at 23:51
    Reply

    gostaria de conhecer mas o mal da altitude quase me mata em Cusco ,então não tenho coragem. Lugares belíssimos e tão perto da gente.

    • Camila Lisboa
      1 de agosto de 2016 at 18:12

      Sério, Lilian? Mas a altitude do Atacama é bem mais tranquila que Cusco – tá quase 1000 metros mais ‘pra baixo’. Alguns passeios que são mais complicados como a subida ao Lascar (que passa de 5500m), os Geiseres e Tara… Mas dá pra aproveitar vários menos ‘complicados’ como o Valle del Arcoíris, a Laguna Cejar e o Valle de la Luna… aí, quem sabe, nos últimos dias de viagem arriscar um passeio mais alto… dá pra pensar, vai? 🙂

  9. Gisele Prosdocimi
    31 de julho de 2016 at 00:35
    Reply

    Com estas super dicas ninguém vai passar frio no Atacama, e olha que quem tá falando conhece do babado, né, Camila?

    • Camila Lisboa
      1 de agosto de 2016 at 18:08

      Espero que o pessoal aprenda, porque escuto tanta reclamação de pé gelado que não aguento hahahahah

  10. Cristina e Renato
    31 de julho de 2016 at 16:30
    Reply

    Olá, Camila!

    Dicas ótimas, parabéns pela matéria!
    Muita gente tem esse tipo de dúvida e o seu post com certeza vai no ponto! Top 🙂
    Abraços, Cristina e Renato – Blog Pegadas na Estrada

    • Camila Lisboa
      1 de agosto de 2016 at 18:06

      Nessa BC quis fazer um post prático porque MUITA GENTE MEEEEEEESMO me pergunta sobre o que levar – e mais gente ainda reclama que passou frio por lá por não ter se preparado bem =/

  11. Dayana
    1 de agosto de 2016 at 12:48
    Reply

    Adorei o coment da “vergonhinha”. Tem que ter uma super mala para aguentar look do dia. rs. Cada vez mais, prefiro malas pequenas ou mochilões que me permitam levar tudo comigo na cabine do avião.
    A dica da botinha também é super válida, especialmente para pessoas como yo que sentem muito frio nos pés. Botas de couro são ótimas para estilo, mas, nesse caso, é que nem salto, só beleza. rsrs 😛

    • Camila Lisboa
      1 de agosto de 2016 at 18:03

      Look do dia e Atacama não combinam bem… o estilo largadinha quase hippie funciona melhor hahah =)

  12. Tatiana Dornelles
    1 de agosto de 2016 at 14:54
    Reply

    Muito legal o post!!! 🙂 Dicas interessantes do que levar no inverno para o Atacama. Ainda mais que para algumas pessoas arrumar as malas é um martírio. hehehe

    • Camila Lisboa
      1 de agosto de 2016 at 18:01

      Eu sempre tento levar o mínimo, então sempre esqueço de algo haahhaha… acontece, mas já não me martirizo mais por esquecer de tudo! =D

  13. Gabi Pizzato - Devaneios de Biela
    1 de agosto de 2016 at 16:28
    Reply

    Oioi, Camila!
    Atacama está super na minha lista. Já sei aonde procurar as dicas para a mala. Obrigada e parabéns pelo post! 😉

    • Camila Lisboa
      1 de agosto de 2016 at 18:17

      Quando tirar a viagem do papel, não esquece de voltar aqui pra montar o roteiro (e a mala!)

  14. Lidiane
    2 de agosto de 2016 at 09:46
    Reply

    Facilita tanto a vida esse tipo de dicas! Ótimo post! Vontade eu tenho de fazer esses passeios que você faz, só que fico olhando essa imensidão maravilhosa e meus joelhinhos já começam a doer!! rsrs

    • Camila Lisboa
      8 de agosto de 2016 at 15:32

      O Atacama pode até parecer um destino super esportista e talz… mas olha, a maioria dos tours você pode fazer com agência e não anda quase nada! 🙂 Pode ir com joelhinhos ruins!

  15. Simone Hara
    2 de agosto de 2016 at 22:08
    Reply

    Excelente este post!
    Vou deixar ele como referência futura pra minha viagem pro Atacama, que ainda há de acontecer!
    Adorei!

    • Camila Lisboa
      8 de agosto de 2016 at 15:32

      O Atacama tem que estar na lista de viagens de todo mundo <3 lugar maravilhoso!

  16. Karen Regina
    3 de agosto de 2016 at 10:53
    Reply

    Camila! Esse teu post matou a pau! Sempre, sempre há esta dúvida sobre o que levar dependendo da época em que vamos visitar o Atacama. Obrigada por compartilhar essa info toda.

    • Camila Lisboa
      8 de agosto de 2016 at 15:36

      Espero que ajude mesmo o povo a não passar frio =)

  17. Katarina Holanda
    7 de agosto de 2016 at 10:19
    Reply

    Que guia esse post, ficou ótimo!! Parabéns. 😀 Eu me arrependi de não ter comprado uma bota de trekking, seria muito útil em alguns passeios.

    • Camila Lisboa
      8 de agosto de 2016 at 15:33

      E acha umas baratinhas! E como são pra atividades outdoor, aguentam muito 🙂 Vale o investimento!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *