Blog posts

Península Valdés, Puerto Madryn e as baleias

Península Valdés, Puerto Madryn e as baleias

Argentina, Puerto Madryn

Um sonho de muuuuuitas viagens atrás era ver as baleias na Península Valdés, que fica pertinho de Puerto Madryn, na Patagônia Argentina.

Mas o sonho não chegou nem perto da realidade, que foi mágica!

Eu cheguei em Puerto Madryn cansadona após uma viagem complicada, fria e longa de Bariloche até lá. E, pra ajudar, com uma previsão de tempo não tão boa assim… Poderia chover nos próximos dias e estava ventando muito, o que complicava pro passeio de barco pra ver as baleias de perto na Península Valdés.

Mas nada me impediu (yeaaah) de ir atrás do Nemo da Dori das baleias! No dia seguinte a minha chegada, já tava eu lá, felizona indo pra Puerto Pirámides.

Como ver as baleias em Puerto Madryn?

Puerto Madryn ganhou a fama por ser cidade maiorizinha na região, inclusive é uma das maiores da província de Chubut e é uma excelente opção de hospedagem pra fazer o avistamento de baleias.

Mas de Puerto Madryn não dá pra ver beeeeeem os bichões, não. As baleias estão lá na baía e dá pra ver várias nadando ao longe, mas nem se compara ao que você vê na irmã menor, Puerto Pirámides, na Península Valdés.

A praia onde é feita a navegação
A praia onde é feita a navegação

Como ver as baleias na Península Valdés?

Aí sim, estando em Puerto Pirámides as coisas são mais fáceis e até uma míope como eu consegue ver.

Da praia de Puerto Pirámides, que fica na Península Valdés, você consegue ver as baleias de perto, mas eu ainda recomendo que você faça o tour.

Sim, eu, a mão de vaca em pessoa e a pessoa que odeia tours recomendando um tour e um tour caro. Então o negócio é sério.

Olha lá um pulinho :)
Olha lá um pulinho 🙂

Como é o tour de barco na Península Valdés?

Eu fiquei horas sentada na praia olhando as baleias, mas ir de barco dentro da Península Valdés e olhá-las de perto MESMO, foi uma experiência indescritível.

Exibidíssimas!
Exibidíssimas!

Tão indescritível que eu nem tirei tanta foto quanto eu deveria desse tour, eu fiquei lá que nem uma tonta só olhando (com a bocona aberta…).

Até que uma baleia resolveu passar por debaixo do barco e eu acho que acordei do transe de susto e medo de cair no mar. (Mas sem crise, o barco mal se mexeu, rs).

Quando eu falo que as baleias estão perto, elas estão perto DE VERDADE
Quando eu falo que as baleias estão perto, elas estão perto DE VERDADE

O tour sai do porto em três horários e o legal é fechar com alguma agência antes, mas não precisa se preocupar em reservar no dia anterior, normalmente se consegue vaga na hora pra ir.

Eu fiz com a Southern Spirit que tem saídas:

Junho, Julho e Agosto: 10:00, 12:00, 14:00 e 16:00 horas.

Setembro e Outubro: 09:30, 11:30, 13:30, 15:30 e 17:30 horas.

Novembro e Dezembro: 09:30, 11:30, 13:30, 15:30 e 17:30 horas.

Mas no geral todas as agências tem os mesmos horários e saídas durante todo o dia.

A navegação dura em torno de duas horas e passou voando, vocês não tem nem ideia. E eu achei que veria as baleias de perto… mas não achei que seria tão de perto!


Use os nossos parceiros para viajar tranquilo pelo mundo, e de quebra, ajudar o OMMDA:

BookingReservando com esse link aqui da Booking, você não pagará nada a mais por isso e nos ajuda (e muito) a manter o blog!

Anonymous-aiga-first-aid-bg-300px A Real Seguros é um comparador de Seguros Viagens e com o nosso link você já ganha 10% de desconto em qualquer compra!


Como é o tour com a Southern Spirit?

Os caras são especialistas no que fazem e respeitam bastante o lugar onde as baleias vivem. Evitam ao máximo ligar os motores, os guias são biólogos e entendem tudo de vida marinha e eles seguem um código de boas práticas e respeito aos animais.

E ta aí um bicho que parece ser exibido! As baleias estavam brincando pra gente ver, não é possível!

Rabinhos pro ar
Rabinhos pro ar

Perdi as contas de quantos saltos, quantos rabos, quantos giros… É um show particular!

Saí de lá feliz com o (alto) dinheiro investido! E olha, você não me viu falando isso tantas vezes aqui no blog, viu?

Quanto custa?

O tour custa dolorosos ARS 1150 que é cerca de R$ 300 reais.

Como chegar à Península Valdés?

Bom, você pode contratar um tour saindo desde Puerto Madryn até a Península Valdés, mas isso sairá cerca de ARS 2000 (R$ 500). Tem alguns pontos positivos, já que não são só baleias…

De setembro a abril os pinguins-de-magalhães vão até a Península Valdés se reproduzir. E sem um carro, ou um tour, você não consegue chegar lá, fica no outro lado da Península e não tem transporte coletivo.

Em Chiloé e em Paracas também dá pra ver pinguins! Confira!

As orcas também aparecem por lá de outubro a dezembro, que é a época de reprodução dos leões marinhos (tadinhos, viram comida 😕 ).

E os leões marinhos estão por lá o ano inteiro, só na folga.

Também tem leões marinhos na Península Valdés! E muitos!!!
Também tem leões marinhos na Península Valdés! E muitos!!!

Então, se tiver interesse nos outros animais também, eu recomendo o tour. Mas como eu fui em agosto, época “apenas” das baleias francas, fui por conta até Puerto Pirámides.

A empresa que faz esse trecho é a Mar y Valle e os ônibus saem as 6:30, 9:45 e as 16 horas. Pra voltar, 8:10, 13:00 e 18:00. Cada trecho custa ARS 65 e dura em torno de duas horas a viagem.

Além disso, tem que se pagar uma taxa de ARS 180 para entrar na Área Natural Protegida.

Siga a gente no Instagram @omelhormesdoano e use a nossa hashtag #omelhormesdoano para aparecer na nossa galeria

O tour de barco na Península Valdés vale a pena?

Não posso falar do tour que sai de Puerto Madryn, já que não fiz, mas o passeio de barco pra mim foi um dos pontos altos da viagem de 2015. (Isso porque eu viajei por 8 meses e isso competiu com pesos pesados como Ilha de Páscoa, Mendoza, Bariloche e Torres del Paine).

Pra quem curte natureza e contato com animais em seu ambiente natural é indescritível! Único!

Baleias na Península Valdés

Do nível que agora eu tô planejando zerar as ilhas e querendo ir pra Galápagos <3

Use nosso link da Booking para fazer a sua próxima viagem, ele ajuda E MUITO a gente a manter o blog!

Qual é a melhor época do ano para ver as baleias na Península Valdés?

De julho a dezembro é bem provável que você as veja, mas eu me programaria entre agosto e outubro, porque elas estão mais concentradas por lá.

E se quiser ver pinguins e orcas, vá em outubro que o passeio na Península Valdés fica completão!

Já rasguei muita seda, mas preciso falar de novo: esse é um dos passeios imperdíveis na América do Sul. Pra mim tá no nível de Machu Picchu, estrada da morte e Big Ice, sério! É lindo ver tão de pertinho e beira o inacreditável…

Vá com fé! Não tenha dúvidas! A Península Valdés é linda!

E se gostou, comente! Adoramos comentários!

About the author

Viciada em viajar, mas que sossegou - só um pouco - no Chile pra abrir um hostel. Já esteve em 9 países e 90 cidades fora do Brasil. Não sabe nadar (mas sabe andar de bicicleta). É facilmente comprável com doces e bom café. E é mão de vaca (isso é um dado importante).

44 Comments

  1. Luis Seco
    6 de agosto de 2016 at 13:57
    Reply

    Ver esses animais grandiosos de perto deve ser fantástico. E esse lugar parece o ideal. Muito obrigado pela sugestão.

    • Camila Lisboa
      8 de agosto de 2016 at 15:41

      É uma experiência incrível 🙂

  2. Luis Seco
    6 de agosto de 2016 at 13:59
    Reply

    Ver esses animais grandiosos de perto deve ser fantástico. E esse lugar parece o ideal para ser um pouco salpicado, bem perto. Muito obrigado pela sugestão.

  3. Liliane Inglez
    6 de agosto de 2016 at 15:00
    Reply

    Emocionante, né? Cada vez mais eu amo ver animais soltos e livres em seu habitat natural! Tive oportunidade de fazer um passeio parecido em Monterey, California e foi épico! Mas sua dica já está anotada para uma próxima viagem pela América do Sul! Beijos!

    • Camila Lisboa
      8 de agosto de 2016 at 15:42

      Valeu a pena demais 🙂 é muito mais perto do que eu tinha imaginado!

  4. angie
    7 de agosto de 2016 at 10:43
    Reply

    hauehaueha ficou desesperada de cair no mar, é muito medo de água aheuahauea espero ver algumas baleias esse ano no litoral catarinense, vamos ver se vai ser uma experiência tão legal quanto a sua!!

    • Camila Lisboa
      8 de agosto de 2016 at 15:42

      Balança demais =/ e eu sou medrosa, admito!

  5. Marlene Marques
    7 de agosto de 2016 at 13:00
    Reply

    Já vi baleias, mas apenas da costa. E já foi um espetáculo especial. Imagino vistas de dentro de água e assim tão perto. 😍

    • Camila Lisboa
      8 de agosto de 2016 at 15:43

      De pertinho assim é mágico! 🙂

  6. Pedro Henriques
    7 de agosto de 2016 at 18:14
    Reply

    Deve ser espetacular observar esses belos e enormes mamiferos de tão perto. Ao ver estas imagens dá uma vontade imensa de ir até esse local!

    • Camila Lisboa
      8 de agosto de 2016 at 15:43

      É maravilhoso 🙂 uma experiência verdadeiramente inesquecível 🙂

  7. André Parente - Tempo de Viajar
    8 de agosto de 2016 at 02:56
    Reply

    Óptimo post com tudo bem explicado! Tenho um artigo que fala sobre este destino em http://www.tempodeviajar.com/destinos-roteiros-e-onde-ir-na-argentina/ mas não está tão completo. Obrigado e boas viagens!

  8. Contramapa
    8 de agosto de 2016 at 16:06
    Reply

    Uau, baleias tão perto, que medo!!

    • Camila Lisboa
      29 de agosto de 2016 at 09:58

      Não dá medo não… elas são só grandalhonas mesmo =P

  9. Renato Alves
    10 de agosto de 2016 at 18:50
    Reply

    É um dos nossos sonhos visitar a Argentina. E já prometi à Magda que a levava a ver baleias. Acho que temos que juntar o útil ao agradável:)

    • Camila Lisboa
      29 de agosto de 2016 at 09:59

      E dá pra fazer uma super viagem por essa região… se esticar pro sul, tem maravilhas na PAtagônia 🙂

  10. Martinha Andersen
    11 de agosto de 2016 at 08:26
    Reply

    É sempre incrível ver as baleias de perto.. E vendo as suas fotos, deve ter sido maravilhoso, já que vocês estavam bem perto. Beijos =)

    • Camila Lisboa
      29 de agosto de 2016 at 10:00

      Eu nem acreditei de tããããão perto que elas chegavam! Se esticasse o braço, quase alcançava oO

  11. Liliane Inglez
    25 de setembro de 2016 at 19:00
    Reply

    Pensa se a pessoa aqui já não foi procurar no mapa e ver com qual outro destino dá pra conciliar… Amei a ideia! Ver baleias é inesquecível, né? Parabéns pelo post! Um beijo!

    • Camila Lisboa
      26 de setembro de 2016 at 13:56

      Tá na Patagônia, então dá pra juntar com um monte de coisa linda <3

  12. Patrícia Reis Tanzarella
    19 de abril de 2017 at 11:25
    Reply

    Mas dá para hospedar no Perto Pirámides?

    • Camila Lisboa
      20 de abril de 2017 at 12:18

      Dá sim, Patrícia! Tem hosteis pequenos e hoteis também, mas é BEEEEEEEEEEM pequeno, um vilarejo!

  13. Erica
    4 de junho de 2017 at 23:07
    Reply

    Olá Camila adorei seu post .. vou pra Puerto madryn na primeira semana de Outubro. ….vou ficar 04 dias la ..pretendo ver as baleias mas também os pinguins .. consigo fazer esses dois passeios no mesmo dia ? Todas as vezes que eu quiser ir pra Peninsula tenho que pagar o tour?? Ou tem ônibus ? Se sim sabe o valor da passagem ?

    • Camila Lisboa
      8 de junho de 2017 at 15:14

      Oi Érica! Eu acabei fazendo esse tour ‘por conta’, indo de ônibus até a Peninsula… Mas, se você quiser ganahr tempo e fazer tudo no mesmo dia, ai te recomendo contratar um tour em Puerto Madryn, que também te levam às pinguineras…

      Todas as vezes que entra na Península tem que pagar a entrada sim, então acho que vai sair mais barato o tour 🙂 Além do que, os pinguins nao ficam num lugar de tao facil acesso quanto os lobos marinhos, então, só com carro mesmo!

      Os preços vou ficar te devendo, com a inflação na Argentina, anda dificílimo manter isso atualizado!

      Beijos e boa sorte!

  14. Ana
    7 de junho de 2017 at 10:14
    Reply

    Oi Camila
    Adorei as dicas! Uma das mais completas que achei sobre essa região! Vou pra lá em Setembro, vou ficar em Puerto Madryn. Tem alguma dica de restaurantes, passeios? Obrigada!!!!

    • Camila Lisboa
      8 de junho de 2017 at 14:59

      Oi Ana 🙂 Vai adorar! Puerto Madryn é um charme e não deixe de fazer o tour para ver as baleias de perto!

      Dica de restaurante vou ficar de devendo, mas eu adorei ir a Gaiman para ir ao café gales, dá uma lida nesse post aqui 🙂

  15. Zelinda Arêas
    15 de junho de 2017 at 23:50
    Reply

    Camila, que delicia de post! Adorei as dicas. Sou louca para desbravar a America do Sul e adoro seus relatos 😉

  16. Christian Gutierrez
    16 de junho de 2017 at 06:35
    Reply

    Avistar baleia deve ser muito lindo, tentei ver em Abrolhos mas não consegui, um dia irei para a Patagônia quem sabe lá verei.

    • Camila Lisboa
      18 de junho de 2017 at 21:11

      Só ficar de olho com a época! Estão por lá geralmente de junho a outubro 😉

  17. Analuiza (Espiando Pelo Mundo)
    16 de junho de 2017 at 06:42
    Reply

    Nossa! Deve ser mesmo uma sensação indescritível ver esses enormes animais em seu habitat natural tão de perto. Eu já acho o máximo quando vejo passando pelo mar, por aqui, meio de longe, imagine assim, como você viu!!!!

    • Camila Lisboa
      18 de junho de 2017 at 21:10

      Eu vi de longe, de Puerto Madryn e já tava louca… quando vi no barco, na Península Valdes… meu deus, indescritível!

  18. Diego Arena
    16 de junho de 2017 at 11:05
    Reply

    Muito legal! Esse é um passeio que com certeza deve valer muito a pena, tanto para ver esses animais incríveis como as paisagens! Adorei
    Obrigado por compartilhar.

    • Camila Lisboa
      18 de junho de 2017 at 21:09

      🙂 que bom que gostou!

  19. Viajante Comum
    16 de junho de 2017 at 16:22
    Reply

    Camis eu achei tão legal e é um sonho mas acredita que bate um medinho danado!? Que feliz ler seu relato e a sua emoção! Até me encorajei…rs… Beijos!

    • Camila Lisboa
      18 de junho de 2017 at 18:15

      Menina, deu o maior medo!! hahaha Mas valeu a pena demais!

  20. Paula
    16 de junho de 2017 at 16:54
    Reply

    Eu acho que é assim que turismo com animal deve ser feito, sem a gente interferir na vida normal deles, achei esse passeio demais por isso!

    • Camila Lisboa
      18 de junho de 2017 at 18:15

      Exatamente! Sempre fico com pé atrás, mas esse, de verdade que me passou confiança no trabalho do começo ao fim!

  21. Adriana Magalhães Alves de Melo
    17 de junho de 2017 at 09:58
    Reply

    Sonho em ir a Valdez desde minha primeira vez na patagonia, em 2003. E até agora não tive a oportunidade. Vou guardar suas dicas para quando realmente for! Valeu

    • Camila Lisboa
      18 de junho de 2017 at 18:15

      Eu também demorei pra ir! Sempre tive esse sonho de ver de perto 🙂

  22. Rayane
    17 de junho de 2017 at 11:06
    Reply

    Ai, que lindoooo! Não conhecia esse lugar e adorei esse passeio virtual. Já coloquei na lista. Artigo top!

    • Camila Lisboa
      18 de junho de 2017 at 18:14

      Obrigada, Rayane! 🙂

  23. Paola Ramos
    17 de junho de 2017 at 14:54
    Reply

    Que legal isso!!! Eu nunca vi baleias de perto assim. Já fiquei super animada uma vez que consegui ver golfinhos… que dirá se eu tivesse visto baleias! Deve ser uma sensação indescritível ver essas baleias grandonas assim tão de perto.

    • Camila Lisboa
      18 de junho de 2017 at 18:14

      Usou a palavra certa: indescritível!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *